09/09/2012


Eu disse que era cíclico. E é. Quando comecei a escrever foi em um blog, esse mesmo por sinal, mas com outra url. E desse passei ao Crohnistas e então ao Tumblr e depois ao Recanto. Retornei ao Blog.

Nessa nova fase quero comigo os amigos dessa jornada que conquistei, os que me cativaram e os que caminharam comigo. Há tempos preciso de continuidade. Relações interrompidas acompanham meus passos desde sempre e só fazem buracos. Buracos que se transformam em vazios. Vazios que não dou conta de preencher. São espaços insubstituíveis que se acumulam e viram um grande nada.

O que sempre me sobra? Nada.

Leca Castro - 09/09/12
Categories:

Um comentário:

Já já eu libero ;-)

RSS Feed Siga-me no Twitter!